segunda-feira, 3 de agosto de 2015

30 - ...E CONTIGO EU MORRI NESSE DIA * Mi Palomita!






Palomita, Palomita,

por que eres tú tan bonita?



Palomita, novia mia,

alas blancas de alabanza,

milagros de dulce danza,

embrujos de Andalucía



Adonde vas en tu vuelo,

en cielos de maravillas,

si me dejas de rodillas,

llorando acá en el suelo?



Palomita, no te vayas

en tus vuelos de ilusión!

Palomita, no te vayas,

que matas mi corazón!


*
José-Augusto de Carvalho
Alentejo, 31 de Julho de 2015.
*
Com a preciosa revisão linguística de Nora Arias Alarcò,
querida Amiga argentina, de Buenos Aires.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Procuro ser uma pessoa honesta. Não será bem-vindo a este espaço quem divergir desta minha postura.